Liam Gallagher diz que “invejoso” Noel não se importou com o fim do Oasis

LIAMNOEL_220816_2

Em sua primeira entrevista em 3 anos, que será publicada pela revista inglesa Q, Liam Gallagher falou também, claro, sobre uma possível volta do Oasis e sua relação com Noel. Quando o repórter disse que seu irmão ficou desapontado com o fim do Beady Eye, Liam disparou: “Ele ficou? Tenho certeza que sim. Eu fiquei mais desapontado foi quando o Oasis se separou. Eu gostaria que ele ficasse. Nunca ouvi ele falar que ficou desapontado com o fim do Oasis. Ele teve o que queria”.

Siga o Oasis News no Instagram

Na ótica de Liam, Noel sempre quis ser o vocalista principal e, por isso, não ligou muito para o fim do Oasis. “Sem dúvida. Invejoso. Em toda passagem de som ele ficava no centro do palco cantando. O cara pegou o complexo de Napoleão [pessoas de baixa estatura que sofrem uma espécie de paranoia e, em muitos casos, se sentem inferiores, incompetentes ou perseguidas]. O mesmo serve para Johnny Marr. Voltem para os seus cantos, toquem suas guitarras, toquem com os dentes, porque não há lugar para vocês aqui. Eles parecem estúpidos. Noel é um ótimo guitarrista. Ele parece o Steve Jones quando está no canto dele. Seja feliz lá. Mas como frontman ele parece Don McLean”.

Indagado sobre uma frase de Noel – que Liam chamou de “pequeno Hitler” – que disse que não voltaria com o Oasis nem se todas as crianças com fome no mundo dependessem disso, Liam foi direto. “Isso não me machuca. Se o cara não me quer de volta em nossa banda, eu também não quero ele. Eu não quero estar em uma banda com alguém que não me queira”.

image

>>