Blog do Noel (s03ep05)

s03ep05 – publicado originalmente dia 17/3/15

Tradução: Fernanda Marie e Ana Guariglia
Imagem: Dado Doria

Aquele programa de TV italiano foi difícil pra cacete. Não ligo pra dublagem, o problema é a entrevista.
Fica uma pessoa na sua frente fazendo as perguntas em italiano e um fantasma no seu ouvido traduzindo tudo pro inglês. Pode ser, e quase sempre é, bastante estranho.

Aqui vai um exemplo do que quero dizer…e lembrem-se que fiquei até às 5 da manhã chapando com a Nancy.

“Noel…você diz que não se leva a sério e que você só vive o agora. Eu também já ouvi que você se recusa a pensar demais nas coisas que você faz e prefere deixar que as pessoas decidam o que é e o que não é… mas o que gostaríamos de saber é como você chegou a tal estado de graça nessa idade?”
“………..Erm….Si?”
“Desculpe, mas você tem que me dar uma resposta..”
“………..Erm…Eu não sei?”
(Uma salva de palmas enorme)

Comecei a suar um pouquinho.

blogdonoel_ep05

Depois de tipo 6 meses saímos do estúdio de TV e fomos levados pra um restaurante luxuoso, que na verdade era uma balada, que na verdade era o lugar preferido do seu jogador Milanese. Todas as mulheres (e tinha MUITA mulher) pareciam o Mick Jagger naquela época em que o Mick Jagger parecia uma mulher italiana (1965-1969!). Lugarzinho bem legal… a Nancy teria adorado.

Voei até Berlim no dia seguinte. Conheci alguns fãs alemães no avião. Eles estavam no show de Milão, saca? Muito educados. Garotos amáveis.

Estou sentado no avião esperando a decolagem e quem veio embarcando por último senão meu velho parceiro de drogas Evan Dando!!!! Mas que caralhos??? Fazia anos que não o via. Amo aquele cara.

Fiquei andando de um lado pro outro esperando minha banda pra ensaiar com os metais. Fazia tempo que não ficava andando… anos. É justo dizer que não perdi o jeito… você nunca perde, sabe?

O show foi wünderbar [maravilhoso]!! Excelente! Na verdade teve uma briga na frente uma hora e os seguranças cobriram a grade e se enfiaram no meio das pessoas pra resolver umas merdas. Teve alguns empurrões e cotoveladas e os seguranças apareceram de novo dando uma gravata numa garota!!!! Ela chutava e gritava igual um gato selvagem!!! Eu a vi depois lá fora e perguntei porque ela tinha sido expulsa e ela respondeu… “Apenas chorando”… e tudo isso aconteceu durante The Dying Of The Light!! Alemães, hein? Temos que amá-los!

Acabei de passar minha primeira noite no ônibus a caminho de Copenhagen.
Horrível…odeio ônibus…é uma buceta.
Continuem furiosos.
ADIANTE.
GD.

PS. Hoje estou ouvindo That’s The Way, do Kit-Kats… Ouçam!

VERSÃO ORIGINAL

That Italian TV show was a fucking struggle. The miming I don’t mind, it’s the interview.

You have an actual person in front of you asking questions in Italian and a phantom in your ear translating them into English. It can be, and usually is, very awkward.

Here is but one example of what I mean…and bear in mind I’d been kissing the sky with Nancy until 5am the previous.

“Noel…you say that you don’t take yourself seriously and that you live only for the moment. I also hear you say you refuse to overthink anything that you do in as much as you let the people decide what is and what is not…but what we would like to know is how do you come to such enlightenment at such an age?”
“……….Erm….Si?”
“I’m sorry but you have to give me an answer..”
“…….Erm…I don’t know?”

(Huge round of applause).

I started to do a little sweat.

After about 6 months we left the TV studio and were taken out to some swanky restaurant, which was indeed a night club, which was indeed the preferred hang out for yer Milanese footballer.

All the women (and there was a LOT of women) looked like Mick Jagger when Mick Jagger looked like an Italian woman (1965-1969!). Nice enough gaff…Nancy would have loved it.

Flew to Berlin the next day. Met some nice German fans on the plane. They’d been to the gig in Milan see? Very polite. Lovely kids.

I’m sat on the plane waiting for lift off and who should amble on last but my old drug buddy Evan Dando!!!! What the fuck??? I hadn’t seen him in years. Fucking love that guy.

Had a bit of a kick about waiting for my band to rehearse with the latest brass section. I hadn’t had a kick about for a long time…years. I think it’s fair to say the old touch hasn’t deserted me… You never lose it see?

The gig was wünderbar!! Excellent! In fact there was a minor fracas down the front at one point and the security team vaulted the barrier and got in amongst the crowd to fucking sort some shit out.

There was a bit of pushing and shoving and the security team reappeared with a girl in a headlock!!!! She was kicking and screaming like a fucking wild cat!!! I saw her later outside and asked her what she’d been thrown out for and she replied… “Just crying”… and all this took place during The Dying Of The Light!! Germans eh? You gotta love ’em!

Just had my first overnight on the bus to Copenhagen.

Horrible…I hate the bus…it is a cunt.

Keep it livid.

ONWARDS.

GD.

PS: Today I have been mostly listening to That’s The Way by The Kit Kats…get on it!

|||